Rolê no Mercadão: o que há de mais nobre (e caro) no Mercado Municipal de São Paulo!


Em época de Natal e Réveillon, o número de pessoas que passa pelo Mercado Municipal de São Paulo, o Mercadão, dobra. As compras para as festas de fim de ano levam cerca de 60 mil clientes diariamente à antiga construção da Rua da Cantareira, no centro da capital paulista. Antes de tudo, é a variedade que os atrai. De carne de jacaré ao bom e velho bacalhau, o que não falta é opção para quem pretende caprichar – e ousar às vezes – nos cardápios festivos. 

 Adriano Lira

A oferta de preços também é boa. O Mercadão pode não ser o melhor local para comprar todo tipo de produto que vai na ceia, e alguns boxes podem ser “careiros” demais, mas dá, sim, para encontrar, negociar e fechar uma boa compra, principalmente quando a família é grande. 

Agora, se preço não é problema, o Mercado Municipal oferece itens difíceis de encontrar, desde amêndoas douradas até uma cachaça que pode custar R$ 25 mil. Durante um verdadeiro “rolê” no Mercadão, Globo Rural investigou e selecionou alguns dos produtos mais caros vendidos por lá. Veja a lista abaixo.  
 
     Adriano Lira 
Adriano Lira 
Adriano Lira 
Adriano Lira
Fonte: revistagloborural.globo.com



Sua loja virtual com mais de 500 rótulos para você escolher!